© 2019 Círculo das Artes. Todos os direitos reservados. 

CNPJ: 16.543.666/0001-26

Quando o passado encontra o futuro

Era um dia cinzento, frio e escuro quando o meu Eu do futuro se encontrou com o meu Eu do passado. Ironicamente, havia um hiato grande entre duas personalidades exatamente iguais. Uma de frente para a outra, nos encaramos por alguns segundos e então nos abraçamos. Queria contar a ela (a criança) tudo que viria pela frente. O tanto de coisas que aquele ser tão pequenino ainda teria que passar, porque talvez, dessa forma, (sabendo o que viria pela frente) ela estivesse preparada para tudo, e desse risada diante dos problemas, sabendo que um dia até mesmo aqueles mais duradouros passariam. Mas não pude lhe dizer nada. Apenas a abracei firmemente com todas as minhas forças e pensei que um dia aquele ser desesperançado, com olhos grandes e cabisbaixos, finalmente triunfaria. Cresceria e se tornaria forte, e todas aquelas histórias do passado não seriam nada além de um forte aprendizado. Porém, tudo o que saiu da minha boca foi: "criança mais forte do que você? Isso eu não conheço. Apenas continue seguindo em frente, não desista." E já estava na hora de partir. Um dia nos encontraríamos novamente em um só ser. Com uma só lição. E caminharíamos de mãos dadas, unindo as experiências passadas com as futuras nos tornaríamos fortes. 

 

 

Please reload